24/11/2010

souvenirs de deux nois

  

Eu tenho algumas memórias traçadas do tempo  que ficamosjuntos 
O telefonema, onde tudo terminou tão de repente
Ainda sinto seu cheiro saindo do banho 
O teu sorriso quando eu disse eu te amo

Ainda me lembro dos finais de semana que dormia mos fora 

Lembro me do  campo vazio no meio do outono 
Nos dois deitados  na grama verde 
Seu sorriso combinava  com as flores vermelhas  ao vento

Ainda me lembro que eu te amei 

Mas eu não consigo lembrar que tenho de esquece-lo 
Minha cabeça está cheia de sons de sua voz masculina  e firme
Momentos magicos eu e vc na praia a tardinha
Onde esqueciamos da realidade


Ecos de sua voz... figuras nitidas de expressoes suas,  não me saem da cabeça!!!
como é dificl... tem sido taõ diferente...tão sofrido...

Um comentário:

ઇઉ Pensamentos de Tata ઇઉ disse...

Não há nada que o tempo não cure!Apenas a morte é que não tem solução, o resto agente resolve, com o passar do tempo a dor diminui e se transforma em lembrança Abraços !